iconeH.jpg
detective.png

Introdução

Estas histórias se passam no ano anterior à narrativa apresentada em Sherlock e os Aventureiros – O Mistério dos Planos Roubados. O primeiro romance do jovem Sherlock Holmes, Irene Lupin e Nikola Tesla se passa algumas semanas antes do Natal. Sherlock, na época, frequentava a escola Harrow, mas fora mandado para casa enquanto suas dependências passavam por uma pequena reforma. A mansão Holmes estava praticamente vazia. Seus pais estavam na África do Sul e Mycroft, o irmão mais velho, passava mais tempo trabalhando do que em casa. Desta forma, Sherlock tem o lugar somente para si, com a exceção da ranzinza Sra. Macklin, a cozinheira. Sozinho, o rapaz perambula por Londres até encontrar Nikola, que acabara de ser roubado. A partir daí, eles investigam o misterioso Mr. Brown e enfrentam a Companhia do Grande Oriente, uma associação com objetivos nefastos e misteriosos.

 

Nesta época, Sherlock estava adquirindo as suas habilidades de observação e investigação. Ele tem muito a aprender com Nikola Tesla e Irene Lupin, mas, na verdade, a centelha pela aventura já havia se instalado em suas veias. Para entendermos isso, é necessário voltar no tempo.

 

Para jovens cavalheiros, como Sherlock Holmes, a vida era regrada pelo calendário escolar. Quem frequentava internatos passava mais tempo na escola do que em casa. As aulas iniciavam em setembro e se estendiam até julho do ano seguinte e eram divididas em três termos ou períodos, que representavam, a grosso modo, o que conhecemos por trimestres. Durante este período, os jovens e damas podiam retornar para casa em momentos específicos, conhecidos como Feriados Escolares.

O número de feriados dependia da escola, das leis do condado e, às vezes, da imaginação do dirigente local. Mas, normalmente, os principais feriados escolares eram seis:

  • Feriado de Meio-Período de Outono – entre final de outubro e início de novembro. Abrangia o feriado de Halloween e ocorria na metade do primeiro termo. Algumas escolas marcavam este feriado para a primeira semana de novembro, englobando o Halloween e a Noite de Guy Fawkes, celebrada no dia 05 de novembro.

  • Feriado de Natal – compreendia a última semana de dezembro até o Ano-Novo. Muitas vezes, era conhecido como Feriado de Inverno ou Férias de Inverno. 

  • Feriado de Meio-Período de Primavera – normalmente no final de fevereiro, ocorria na metade do segundo termo.

  • Feriado de Páscoa – calculado de acordo com a tradição cristã, normalmente abrangia alguns dias antes da Sexta-Feira Santa e prosseguia até a segunda-feira. Muitas escolas não seguiam este feriado ou, quando o faziam, o reduziam ao final de semana.

  • Feriado de Meio-Período de Verão – normalmente no final de maio, ocorria na metade do terceiro termo.

  • Feriado do Aniversário da Rainha – na época, celebrado sempre na segunda terça de junho, reunido com o final de semana anterior. As escolas tradicionais costumavam seguir o feriado ou, pelo menos, estabelecer algum tipo de celebração. Último feriado antes das férias escolares de verão.

Esta série de contos do jovem Sherlock Holmes vai abranger os seis principais feriados escolares da época, iniciando, precisamente, um ano antes do primeiro livro: Sherlock e os Aventureiros – O Mistério dos Planos Roubados.


Bom divertimento.

Andre Zanki Cordenonsi, janeiro de 2019.